Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

snacksoverthecounter

Conta-me as tuas histórias. Fica para ouvir as minhas

snacksoverthecounter

Conta-me as tuas histórias. Fica para ouvir as minhas

15
Ago18

Cadernos do Snacks I

Tenho as minhas feridas à mostra. Consegues ver as entranhas que contam histórias pesadas. Todas as que me levaram ás lágrimas sem gargalhadas. Não se ouviu o coração partir mas em silêncio ficou esmigalhado.

O calejar do olhar nem sempre representa um problema. A vida segue, tantas vezes da mesma maneira e nunca te encontra no mesmo sítio.

Podes rasgar essa dor ao meio mas mais tarde ou mais cedo vais te cruzar com ela noutro passeio.

É mais fácil escrever do que falar. Mas o confronto é o mesmo. Esse , a que me proponho sempre me parece mais fácil mas o silêncio da escrita pode tornar tudo arrepiante.

O medo do amargo consome quem convive com a dor do seu lado. Não tenho medo nos cinco minutos seguintes. Vou conseguir rir e fazer tudo igual. Tenho medo no dia em que em pedirem para amar. Não sei se aí serei  capaz de abandonar a amargura de uma falta de amor para conseguir criar uma teia de sentimentos livres e bonitos.

A forma como reages a tudo aquilo que se embate de frente contigo é sempre uma escolha tua. Vai sempre doer. Vai sempre ficar na tua história mas a forma como reagiste também vai estar lá sempre.

Nada te define. Tudo é passageiro. Até o medo que amar seja mais difícil que aquilo que era de esperar.

A dor traz muita coisa e deixa-te sempre diferente. Nem sempre mais forte.

 

1 comentário

Comentar post