Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conta-me as tuas histórias. Fica para ouvir as minhas


12
Nov18

Hashtag - Ansiedade és uma besta

por snacksoverthecounter

9A384814-AE0B-4194-B3F6-D9ED7EC7225C.jpeg

 

O médico de família tentou explicar que aquela taquicardia de manhã era um resultado natural da minha ansiedade e que os ataques de pânico eram emoções reprimidas. Receitou logo ali ansioliticos. Na farmácia fiquei cara a cara com um pacote de comprimidos que prometiam ser a minha salvação. A cada vez que me sentia ansiosa tropeçava nos argumentos mais insensíveis. Toda a gente sabia que era uma fase, que eu não sabia lidar com o stress, que faço parte da geração dos cocós e que, claro, essa é a nova moda do século XXI. A besta chama-se ansiedade e deixa-me em estado de alerta constante. Tem dias que me deixa respirar e às vezes acreditar que já passou mas dali a dois dias lá estou eu em modo hiper ventilação a desejar que alguém me de uma injeção que me deixe dormir por duas semanas. É esse o tempo que preciso para me recompor de um ataque de pânico. Tanto porque nos fere a nível emocional, porque nos deixa estafados e porque nos dá um medo gigante de estar a ficar louca. O hashtag podia ser #ansiedadeesumabesta porque cada vez que chegas consegues trocar todos os processos químicos que o meu cérebro se esforça por fazer. Alteras tudo sem pedir licença para nada até me deixares ali sem conseguir explicar a mim própria o que acabou de acontecer. Metes os pés pelas mãos e eu meto também.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Nuno a 12.11.2018 às 11:59

E o pior de tudo o julgam to alheio muitas vezes dos que nos são próximos, no início da minha depressão tive ataques de pânico e crises de anseadade de tal forma que ndo co seguia sair a rua sem ter uma crise e aquilo que ouvi é que as tinha porque tinha sido protegido demsis e nso sabia lidar com as adversidades da vida ou seja era um menino mimado e fraco ouvi isto da boca do mru psi várias vezes ainda hoje oiço mas já não ne afecta pelo mebos tanto
Imagem de perfil

De snacksoverthecounter a 13.11.2018 às 08:45

Olá:)

Infelizmente, é uma realidade.
Não fomos demasiados protegidos pela vida... se calhar não fomos protegidos como devíamos ter sido, tendo em conta que a amsiedade está intimamente ligada a acontecimentos traumáticos que muitas vezes foram vividos na nossa infância.
Sem atribuir culpas a ninguém não tens que te sentir mal por viveres algo do género. É certo que magoa mas às vezes é só incapacidade para entenderem determinadas situações.
E força, muita força!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.