Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

snacksoverthecounter

Conta-me as tuas histórias. Fica para ouvir as minhas

snacksoverthecounter

Conta-me as tuas histórias. Fica para ouvir as minhas

15
Jul18

Lisboa

 Sempre que me pedem uma sugestão de cidade eu digo Lisboa.Lisboa encanta-me de manhã quando como um pastel de Belém, à tarde quando fico a admirar o Tejo e a noite quando me deixo embalar por uma tasca em Alfama.Viver no estrangeiro e viajar cá dentro e lá fora não me tiraram esta ideia. Quanto mais me mexo mais amo Lisboa.Lisboa conta histórias em cada rua. E tem tantas. A do ouro, a Augusta, a da Madalena e  a de São Bento. Podíamos estar a jogar monopólio e todos os sítios eram maravilhosos de se comprar.37161006_10209453540014710_8679769725690970112_n37173711_10209453539934708_408000156290514944_n                                                                                                                                                                     O cheiro dos Bairros, a vida das pessoas... as histórias que a minha cidade traz. Lisboa é tão minha que quando lá estou me sinto em paz. As escadinhas por todo o lado. que me levam sempre para algum lugar bem distante dos meus e a roupa estendida que decora Lisboa com outra classe.As senhoras nas janelas que parecem preencher as suas vidas com a vida de quem passa. E que simpatia! É tão bom fazer amigos nas janelas bairristas de Lisboa.Contam-me o que vão fazer para o almoço, aquilo que se tem passado por ali e desabafam sobre o estado em que vai o mundo.[gallery ids="112,111" type="rectangular"]Fora dos bairros a dimensão das coisas toma conta de mim. Continua a contar tantas e outras histórias de tantas vidas que Lisboa já viu viver. E tudo o que ali vive parece pintado num quadro bem pitoresco. Desde do Beato ao Lumiar, da Expo até ao Terreiro do Paço eu não consigo deixar de me apaixonar. A cada olhar um amor ainda maior.São histórias que se contam à beira rio com o barulho de algumas ondas. O rio guarda segredos que jamais irá contar. Lisboa será sempre a menina da música, a menina e moça.Sorte a nossa. Lisboa ser real.   

9 comentários

Comentar post